quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

... um Ano Novo vem aí...

Olá pessoal,

... 2015 vem aí e como é início de ano vamos aproveitar o sentimento de renovação e fazer um "faxina geral". Aproveitando as férias de começo de ano eu sempre no início do ano aproveito para dar uma geral naquelas coisas que ando acumulando... fazer uma limpeza nos guarda-roupas e nos armários, separar os produtos para doar e outros que vão mesmo para o lixo... e assim começo o ano com um astral bem melhor, com mais leveza em casa e na alma. Então o lema para o meu início de ano é.... desapega, desapega..... rsrsrs 


Este fim de ano para mim foi ótimo porque no ano passado, nessa mesma época eu estava internada no hospital fazendo pulsoterapia devido a um surto de EM. É tão difícil não estar em casa, no nosso canto, com as nossas coisas e com as pessoas que amamos... Graças a Deus esse fim de ano eu passei em casa. Apesar de ter tido um episódio de tonteiras decorrente de um desequilíbrio do labirinto, em novembro desse ano, não precisei ficar internada e recebi um tratamento oral que apesar de demorar, enfim fez efeito e já estou bem melhor. Mas aí fiquei pensando em todas as pessoas que estão nos hospitais, e que estão sofrendo por um motivo ou outro, e rezo para que Deus derrame bençãos sobre elas e que elas tenham um ano verdadeiramente novo.

Vamos fazer de 2015 realmente um "ano novo". Com momentos surpreendentes e com muito mais amor, amizade e aceitação. Sei que essa proposta não é fácil, mas não vamos saber como vai ser, se não tentarmos.

Um Feliz 2015 a todos vocês que passam por aqui, com muito amor no coração....

Corujinhas novas por aqui....

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

O que eu andei fazendo por aqui...

Olá pessoal,

.... e entre a correria de fim de ano eu andei fazendo algumas coisinhas por aqui.... bem menos do que eu gostaria, mas algumas peças ficaram prontas e estão aqui para verem, outras peças (umas bonecas) não deu nem tempo de fotografar.... aff

Uma almofadinha para um bebê que está nascendo.



A outra peça acabou virando um estandarte para a escola em que trabalho. Tudo começou com uma conversa com a diretora. Como lá é uma escola de educação infantil e as professoras acabam usando aventais para não sujarem muito as roupas no contato com as mãozinhas das crianças, pensou-se em fazer um avental com a boneca "pituchinha" que dá nome a escola, em patch apliquê e bordado. Fiz um teste e achamos que ia ficar bem complicado e demorado porque são aproximadamente 60 professoras. Sendo assim, o bordado que eu tinha feito acabou sendo motivo para um "estandarte" com o nome da escola, tudo bordado à mão. Com fuxicos à volta para um toque delicado e ainda mais artesanal. Eu adorei o resultado e a diretora também gostou demais.


"Pituchinha" - baseada nas ilustrações do livro de mesmo nome da autora Marieta Leite com ilustrações de Paula Régis Junqueira e Márcia Meyer Guimarães - Editora Bakana



sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

... tudo acabando em 3, 2, 1

Olá pessoal,

... tudo acabando em 3, 2, 1 ..... para começar de novo em 2015.
Aff... essa correria de fim de ano me cansa tanto.... lojas cheias, tempo chuvoso, milhões de compromissos e grana curta.... rsrsrs
Mas falando sério... passado o tempo das ilusões não gosto muito dessa época de final de ano pelas cobranças afetivas-sentimentais que ocorre. Isso me irrita um pouco. Eu acredito que temos que ser mais naturais, amar e fazer o bem, não importa a quem. E antes que vocês me perguntem, é lógico que eu sinto raiva e já fiz coisas que magoaram outras pessoas, mas eu realmente acredito que a nossa busca por um mundo melhor passa pelo exercício de sermos mais tolerantes e aceitarmos as pessoas como elas são. Eu acredito na liberdade do espírito e que o mundo seria bem melhor se a humanidade fosse mais justa e unida. Para mim esse é o "espírito natalino", ou melhor, esse é o "espírito da vida"; não tem que ser assim somente no Natal. Tem pessoas que não cumprimentam o porteiro o ano todo e no Natal colaboram com a caixinha e acham que já fizeram sua parte...
E se a partir de hoje não houvessem mais Natais? Você não iria mais se lembrar de (presentear-agradar) seus pais/ filhos/ sobrinhos? Você não iria mais frequentar a casa dos parentes? Não iria mais dirigir às pessoas palavras de um bom ano e que suas esperanças se renovem?
 

Engraçado como as pessoas só querem alimentar os necessitados no Natal. Tenho certeza que eles sentem fome no dia da Independência também. Todo Mundo Odeia o Chris


domingo, 30 de novembro de 2014

Livros e agulhas

Olá pessoal,

A Bienal do Livro Minas aconteceu aqui na minha cidade (Belo Horizonte) e eu amei demais!!! Infelizmente eu nunca fui na Bienal do Rio ou de São Paulo, mas aproveitei demais a daqui. O ponto alto foi encontrar autores maravilhosos que eu admiro e me inspiro. Fiquei super feliz de ouvir uma palestra e poder dar um abraço no Pedro Bandeira. Ele fez parte da minha formação como leitora. Adorei também o pessoal dos quadrinhos (Bianca Pinheiro, Fernanda Nia, Alexandre Beck) todos super simpáticos dando um show na linguagem gráfica. 
Eu estava lendo um livro do Monteiro Lobato. (Reinações de Narizinho) e achei uma passagem super fofa que fala sobre as costuras "mágicas" de Dona Aranha.

... _ Mas quem é que fabrica essa fazenda, Dona Aranha? - perguntou ela, apalpando o tecido sem que Narizinho visse.
_ Esse tecido é feito pela fada Miragem - respondeu a costureira
_ E com que a senhora o corta?
_ Com a tesoura da Imaginação.
_ E com que agulha o cose?
_ Com a agulha da Fantasia.
_ E com que linha?
_ Com a linha do Sonho....

Monteiro Lobato in Reinações de Narizinho. Editora Globo.

Eu AMO literatura e aliada a magia das agulhas e linhas então.... a coisa fica ainda melhor.

Alfineteiro novo para o ateliê

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Ateliê

Olá pessoal, 

.... enfim, o ateliê... Ainda não está do jeito que eu quero, com flores, passarinhos e energia linda por todos os lados, (rsrsrs) mas já é um início. A reforma daqui de casa começou em fevereiro deste ano e de lá para cá eu passei raiva, me descabelei, chorei e me encontrei em um mar de tormentas. Questionei a permanência das coisas e o sentido dos desejos, mas enfim como não adianta nadar contra a maré.... a onda me carregou e me jogou na areia da praia com os pulmões cheios de água e a boca cheia de areia. Precisei de um tempo para me restabelecer e expelir toda a água que insistia em ficar dentro de mim, mas sobrevivi.... o que era então inimaginável aconteceu me tornei revestida de um couro mais firme e com a alma mais repleta de cicatrizes, mas inteira. Retalhos múltiplos que se unem para formar.... um patchwork. :)

A reforma ainda não acabou, mas o ateliê começa a tomar forma pronto para mil costurices...

... e não poderia deixar de agradecer à minha cunhada Marta pelos móveis perfeitos para mim (rsrsrs), a minha prima Fabiana pelo apoio e pelos potes de papinha  (rsrsrs), a minha grande amiga Carol., minha incentivadora desde sempre e amiga do coração.


Móveis ótimos para tentar organizar tudo

bancada de costura mega iluminada (rsrsrs)

Capa da máquina de costura com "retalhos múltiplos"

utensílios sempre à mão

Minie costureira - ajudante mirim

potinhos "de papinhas" para organizar as peças miúdas

painel para inspiração

Móveis perfeitos com divisórias para "as tranqueiras"
Potes "de batata pringles" pequenos para organizar os aviamentos.

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

kit coruja baby....

Ola pessoal,

Kit baby para um anjinho que acabou de nascer...
Babador e taleigo com nome bordado. 




Para a professora querida....

Ola pessoal,

Na correria passou o dia dos professores e eu nem vim aqui fazer uma homenagem... Mas a homenagem e os parabéns foram dados ao vivo para os professores dos meus filhos e na minha escola nos divertimos muito no dia.... 

Essas necessaires abaixo fiz como uma lembrança para a professora do meu filho de 7 anos. 



terça-feira, 4 de novembro de 2014

Peppa e sua família....

Olá pessoal,

Andei fazendo algumas costurices por aqui que ainda não tinha mostrado no blog. E apresentando o sucesso das escolas infantis.... PEPPA PIG.

Dedoches de feltro da Peppa e sua familia 


Peppa é uma porquinha que juntamente com sua família tem feito o maior sucesso nos desenhos animados. Como tenho um querido sobrinho que a-do-ra a Peppa, resolvi fazer dedoches da família da Peppa com feltro. Peguei um desenho da família na net e fiz os moldes. Uma coisa que acho legal no desenho da Peppa é que o traço dos personagens lembra os desenhos de crianças. É simples de fazer. Costurei todos os fantoches à mão. E enfim ficaram prontos para contar muitas histórias legais.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Ausência...

Olá pessoal,

Pois é, já começamos o mês de novembro e o jeito é correr para tentar realizar pelo menos metade dos projetos e propostas que foram feitas para 2014. A partir de agora começamos então a contagem regressiva para o fim do ano.... Ai meu Deus!!! Quantas costuras por fazer, quantos bordados por terminar, quantos livros para ler, quanta poesia para viver... e assim vamos vendo o tempo passar e fica a saudade do não vivido, do não experimentado, do não dito...
... e tudo termina assim?!?
E que marca nos deixa essa ausência sentida. Essa dor de pensar no que não está e no que não é. ... esse buraco na alma que desnorteia, me amedronta e me faz criar subterfúgios para continuar existindo....

Ausência
Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.
- Carlos Drummond de Andrade -


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Eu quero paz!!!

Olá pessoal,

Atenção! Período de grandes turbulências!!!!
E eu ainda não me acostumei com a grosseria, com a agressividade e a falta de gentileza das pessoas. Esse conturbado período de eleições me deixou pensativa e até mesmo chocada com a atitude de pessoas que dizem defender "uma vida melhor para os brasileiros". Estando de que lado for, devemos manter o foco e a serenidade sem apelarmos para atitudes de violência. Temos que buscar uma vida melhor sim, mas com base na paz, na justiça e no amor entre as pessoas.

 
Eu quero uma licença de dormir,
perdão pra descansar horas a fio,
sem ao menos sonhar
a leve palha de um pequeno sonho.
Quero o que antes da vida
foi o sono profundo das espécies,
a graça de um estado.
Semente.
Muito mais que raízes.
Adélia Prado

domingo, 28 de setembro de 2014

Ser poesia...

Olá pessoal,

A coisa por aqui andou meio feia.... estava com meus pais internados no hospital. Minha mãe se recuperou do susto. Mas meu pai após 20 dias de internação completou sua meta no mundo físico e fez sua passagem para um outro estado, o estado do espírito. Meu consolo é que foi melhor para ele, que não sofreu tanto assim, em meio à hospitais e "métodos de tortura" da medicina moderna. 

Meu pai foi uma referência para mim. De buscador, de calma e serenidade, de pessoa que venceu vários barreiras neste mundo cruel e às vezes desumano e mesmo assim conservou a sua generosidade e o seu espírito puro. A poesia estava presente em seu ser e por isso, para mim, ele virou estrela. Estrela em um infinito céu do amor de Deus.


E fica aquela sensação de que poderia ter aproveitado melhor a sua estadia entre nós, mas ao mesmo tempo sinto que ele sempre vai estar olhando por nós. Pai - o meu PAIAÇO - pai com aço que você encontre a paz. Você agora está livre para sonhar, para voar, para ser poesia....

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Pode babar bebê!

Olá pessoal,

As corujinhas de novo voando por aqui deram a graça nos babadores. Desta vez, as meninas levaram a melhor. Vejam só...


sábado, 13 de setembro de 2014

Bonecas....

Olá pessoal,

A pedido de uma amiga eu diminui um molde de boneca que tinha aqui em casa e fiz esses modelos para ela. Elas ficaram com aproximadamente 15 centímetros. Atrás das bonecas eu coloquei uma alça de elástico redondo poque ela queria pendurá-la no espelho retrovisor do carro. E eu me tornei criança outra vez... brincando de boneca fui escolhendo as cores, os acessórios e imaginando que tipo de boneca eu gostaria de ter quando criança. É uma delícia fazer esse exercício de ser criança novamente. Eu adorei o resultado. E vocês, o que acharam???


Turminha reunida....


domingo, 17 de agosto de 2014

Literatura e bonecas....


... A pobre criança parou petrificada, ainda não tinha visto a boneca de perto. Aquela barraca parecia-lhe um palácio; aquela boneca não era uma boneca, era uma visão. Era a alegria, o esplendor, a riqueza, a felicidade que apareciam em uma espécie de irradiação quimérica, àquela infeliz criaturinha, tão profundamente mergulhada em uma fúnebre e fria miséria.Cosette media com a ingênua e triste sagacidade da infância o abismo que a separava daquela boneca, pensasando que era preciso ser rainha, ou pelo menos princesa, para possuir uma "coisa" como aquela.  - Victor Hugo in Os miseráveis

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Os bebês ganhando mimos por aqui....

Olá pessoal,

Os bebês são os presenteados da vez. Com muito carinho...

Taleigo feito para a Melina com letras bordadas em patchcolagem e composição de patchwork

Kit baby para o Aleksei com taleigo com nome em patchcolagem, babador com nome em bordado livre e ursinho.

Ursinho integrante do kit baby para o bebê brincar com segurança sem partes que se soltem ou possam machucá-lo.
 

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Conversa fiada....

Olá pessoal,

... e não adiantou nada a torcida... porque o vexame foi grande. kkkkkkkkk Mas até que no final eu achei melhor assim, melhor perder de muito e acabar com as esperanças de que podia ter sido diferente de uma vez. 
A Copa foi mas nós temos uma vida que continua e eu estou bem animada com as novidades que tem surgido por aqui. O meu cantinho da costura em casa ficou pronto após meses e meses de reforma. Oba!!! Então em breve eu terei novidades para mostrar para vocês aqui.

Aproveitei as férias e o meu tempo de inatividade na costura e li bastante. Atualmente estou lendo "Os miseráveis" de Victor Hugo e estou gostando demais. Recomendo a todos. É realmente um livro que nos enche o coração de compaixão e amor pela humanidade.


domingo, 22 de junho de 2014

Copa craft

Olá pessoal,

Em tempos de: Vamos torcer??? Vai ter Copa ou não vai ter??? Apesar de esperar e tentar fazer a minha parte para lutar por uma sociedade mais igualitária eu desde o princípio não tinha esperanças de que a coisa fosse diferente... de que a soberania da FIFA não fosse fazer valer a "festa" da Copa até o fim. E penso que o futebol que às vezes ainda gosto de assistir deixou de ser arte e esporte para se submeter à técnica e ao lucro capitalista.  O futebol se tornou mais um dos elementos do sistema capitalista para propagar a desigualdade econômica/financeira/cultural em um país marcado por abismos sociais. E apesar de gostar de esportes eu tenho preguiça de ver pessoas que pensam que vale brigar por futebol, ou que gastam uma grana para comprar camisas e acessórios do time enquanto passam necessidade em outras coisas. E os foguetes que deixam os animais loucos??? E aquelas músicas de time irritantes que uns babacas colocam no som do carro na maior altura em frente a sua casa e acham que você tem que ouvir. Aff. Mas em tempos de Copa e para não ser considerada uma extraterrestre acabamos vendo uns jogos, e me vi até  mesmo torcendo para o Brasil. Hahaha É incrível como a coisa contagia e então o "pão e circo" para o povo está armado.

Antes de entrar de férias o meu filho de 6 anos apareceu aqui em casa com uma pesquisa e-nor-me para fazer sobre a Copa. E é lógico que sobrou muita coisa para a mãe, afinal ele só tem seis anos... rsrsrs Entre conhecer as seleções que iriam participar, estádios, jogadores e coisas afins, olha quem apareceu por aqui:
O mascote Zakumi.


Você deve estar pensando.... mas que loucura é essa??? Ela não está meio atrasada, não?!?
kkkkkkkk .... mas esse foi o mascote sorteado para o meu filhote levar para a escola em 3D. kkkkkkkk  Era um difícil tarefa para fazer com a ajuda dos pais um mascote em forma tridimensional para levar para a escola e cada um ficou com o mascote de uma Copa (passada e atual). Como mãe craft não se aperta eu olhei umas imagens e fiz o molde do bichinho. A bola foi de isopor e tinha um velcro para colar na mãozinha dele. Não é por que eu fiz não, mas ficou muito cute. Fofinho!!! 

E aí, me conta, você está assistindo os jogos e torcendo nesta Copa???

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Um dia as coisas serão diferentes...

O Dia Mundial da Esclerose Múltipla (EM), doença que afeta a vida de mais de dois milhões de pessoas no mundo, aconteceu na última quarta-feira de maio, este ano no dia 28. "Igualdade de Acesso" é o tema da campanha global de 2014. Um lema que foi bastante utilizado na campanha foi "Um dia as coisas serão diferentes". Eu penso que isso nos faz refletir sobre o desejo das pessoas de encontrar a cura, mas também de ter uma melhor qualidade de vida e ter um melhor acesso ao tratamento. Sabemos que em muitas países e mesmo em muitas locais do país as pessoas tem bastante dificuldade de acesso ao diagnóstico e ao tratamento o que acaba agravando o quadro de sequelas que ela possa apresentar. E se um dia as coisas serão diferentes o meu desejo é que as pessoas tenham mais aceitação, que o mundo aceite e abrace as diferenças como parte de um todo, porque no fim, todos queremos é ser felizes. Que as oportunidades sejam realmente as mesmas para todos e que todos possam ter a chance de revelar o seu potencial.


O Dia Mundial da Esclerose Múltipla é a única campanha global de sensibilização para a doença e é uma iniciativa organizada pela Federação Internacional de Esclerose Múltipla (MSIF) world MS day e das organizações associadas. A MSIF faz a ligação entre todas as atividades das associações de esclerose múltipla de todo o mundo, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos doentes, bem como apoiar a investigação, facilitando uma melhor compreensão e tratamento da doença.
Relativamente ao tema escolhido para celebrar a data em 2014, e de acordo com a MSIF "quando falamos sobre igualdade de acesso para pessoas com esclerose múltipla, queremos dizer acesso à vida social, política e econômica". A igualdade de acesso não significa apenas acesso físico a instalações, mas o acesso às mesmas ferramentas, serviços e recursos que pessoas sem esclerose múltipla desfrutam.

De acordo com a SPEM(Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla), a esclerose múltipla é uma doença crônica, inflamatória e degenerativa, que afeta o sistema nervoso central. É uma doença que surge frequentemente entre os 20 e os 40 anos de idade, ou seja, entre os jovens adultos. Afeta com maior incidência as mulheres do que os homens.
Esta patologia é diagnosticada a partir de uma combinação de sintomas e da evolução que a doença apresenta na pessoa afetada, com recurso a exames clínicos/exames complementares de diagnóstico (ressonância magnética nuclear, estudo de potenciais evocados e punção lombar).
Ainda de acordo com a SPEM, a EM pode produzir sintomas idênticos aos de outras patologias do sistema nervoso central, pelo que o diagnóstico poderá demorar anos a acontecer.

... corujas e harry potter

Olá pessoal,

Sem muito tempo para as agulhas por causa da reforma, acabei aceitando uma encomenda de uma amiga que me pediu que fizesse trinta chaveiros - corujas. Selecionados os tecidos, cortei as peças e costurei a primeira parte (do corpo da coruja) à máquina. Mas a parte dos detalhes e finalizações foi toda feita à mão. Eu acabei embalando as corujas e não tirei foto de todas juntas para mostrar aqui. Que pena! Seria um lindo corujal colorido. Ainda não consegui organizar as fotos, mas depois eu coloco por aqui...

Costurando as corujas me lembrei bastante da maratona literária que tenho assumido por causa da coruja do livro que estou lendo. Depois de muita insistência da minha filha eu acabei cedendo e comecei a ler Harry Potter.... e estou gostando muito. Os livros são bem legais cheios de aventuras e magias. Com a reforma e meu afastamento das agulhas eu tenho lido bastante e já estou no quinto livro. Os personagens principais são uns fofos e a história é repleta de  acontecimentos mágicos que somente tornam o leitor sempre preso à narrativa. É o tipo de livro que quando começamos não queremos largar. Você já leu sabe do que estou falando, se ainda não leu, saiba que vale a pena tentar.
Envolvida no mundo de Hogwarts, olha só que almofada fofa e super fácil de fazer inspirada no personagem principal eu encontrei na net.  


sexta-feira, 25 de abril de 2014

Reforma, chateações e saudades das agulhas...

Olá pessoal,

Faz tempo que não apareço por aqui, não é?!? Mas hoje vim explicar porque. Tudo se resume a poeira, sujeira e quebradeira.... estamos fazendo uma reforma em casa. Não um reforma qualquer... uma GRANDE REFORMA. Com inserção de um outro andar na casa, mudança da fachada, e todos os transtornos e chateações que uma construção pode trazer. Eu resisti ao máximo, mas minha opinião foi suplantada pelo (futuro) bem estar geral da família e então, aqui estamos nós tentando emergir em meio a bagunça. Não estou podendo costurar nem fazer nada de bonito nesses dias poeirentos. Snif! Mas estou louca para voltar às costurices... com muitas saudades das linhas, agulhas e paninhos.... 

A primeira etapa da reforma foi tirar a cobertura do telhado e com algumas chuvas fortes que teve por aqui caía mais água dentro do que fora de casa. Eu fiquei louca e com medo de mofar a casa toda... retirei os meus livros correndo e tivemos que encaixotar o máximo de coisas e levar para a casa da minha mãe. Eu fiquei muito chateada.... mas muito mesmo. Desespero total ver toda aquela água se infiltrando em todas as frestas da casa. Mas agora que o pior já passou (já não chove mais dentro de casa) eu já estou mais tranquila.Penso que não é possível mais ficar pior do que já estava...

... enquanto isso vou me inspirando nos lindos trabalhos que vemos na net. O Pinterest tem cada imagem maravilhosa de motivar qualquer adepta do artesanato e afins.


sábado, 8 de fevereiro de 2014

Bichinhos de pano...

Olá pessoal,

Estão gostando do calor. Que é isso minha gente?!? Será que realmente o mundo está para acabar?!? Que verão mais quente, seco enfim insuportável... A escola que eu trabalho tem um pátio no meio do prédio sem nenhuma árvore. Meu Deus! Por volta das quatro horas da tarde a sensação térmica deve ser uns 50 ºC... é calor para ninguém conseguir pensar. E aí me dá vontade de mudar para a Sibéria e ficar hibernando uns seis meses.  
Nesse calor todo, olha quem andou farejando por aqui.... Mas nem ele deu conta de tanto calor e rapidamente foi se esconder na sombra mais próxima.

Cãozinho farejador

Nos meus sonhos de ir para a Sibéria fiz esse ursinho para me fazer companhia por lá. Ele já está impaciente para embarcar.... rsrsrs



sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Caveirinhas e marcadores.

Olá pessoal,

Vim mostrar o quem tem sido feito por aqui. Eu adoro essas estampas de caveiras e dessa vez fiz uma carteira e um porta-moedas separados mas combinando tudo estampado por elas.

Preto e branco dando o tom da carteira e do porta moedas
Outra coisa que também apareceu por aqui são os marcadores de livro/agenda.

Série "Flores"

Série "Corujas"

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Estou apaixonada....

Olá pessoal,

Estou apaixonada... pelos bebês que nasceram por aqui. Sim, são dois... rsrsrsrs Tão fofos que todo dia eu fico querendo fotografá-los. E como crescem rápido!!! Estou mesmo muito encantada e acompanhei cada passo da mamãe pássaro que escolheu o pé de acerola daqui de casa para fazer seu ninho, chocar os ovinhos e alimentar os filhotes até que eles possam ganhar independência e sair a voar por aí. A natureza é mesmo uma dádiva...


Dou respeito às coisas desimportantes
e aos seres desimportantes.
Prezo insetos mais que aviões.
Prezo a velocidade das tartarugas
mais que a dos mísseis.
Tenho em mim esse atraso de nascença.
E fui aparelhado para gostar de passarinhos.
Tenho abundância de ser feliz por isso.
Meu quintal é maior que o mundo.

Manoel de Barros

Mamãe passarinho com o ninho pronto à espera dos filhotes em 04/01/2014
Com os filhotes recém-nascidos em 23/01/2014

Recém-nascidos em 24/01/2014
Crescidinhos esperando a mamãe trazer comida em 28/01/2014
Já crescidinhos em 31/01/2014

Esses passarinhos são da espécie "Rolinha - roxa" Columbina Talpacote . Geralmente postam dois ovos por vez que são chocados pela fêmea e pelo macho afastando outros pássaros da mesma espécie de perto. Os filhotes  depois que nascem costumam deixar o ninho em até duas semanas.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Eu AMO ler...

Olá pessoal,

Eu já disse aqui nesse blog que eu adoro ler. Eu AMO livros e acredito sinceramente que a leitura enriquece muito a nossa vida. Como estou de férias fiz um desafio da leitura com a minha filha. Quem ler mais livros durante as férias "ganha". O cálculo é feito em páginas e estou com algumas páginas na frente, mas a disputa está árdua. rsrsrs
Pensando nisso vim compartilhar com vocês dez principais hábitos/manias de leitora que eu tenho.


1. Eu detesto ler em ônibus, carro ou qualquer coisa que se mova. Eu tenho até uma invejinha de quem faz isso, mas eu não consigo. Fico tonta e realmente tenho bastante dificuldade com isso.
2. Essa dificuldade acima não faz de mim uma leitora preguiçosa ou que lê pouco, pelo contrário, aproveito qualquer tempinho livre para ler bastante e priorizo a leitura como minha atividade de lazer.
3. Ler por prazer é a melhor forma de ser uma boa leitora e acho que se você não tem muito hábito de leitura é porque sinceramente não encontrou livros que se identifiquem com você.
4. Leio variados estilos e temas.
5. Tenho muita (muita pena mesmo) de riscar, dobrar ou fazer qualquer coisa do tipo em livros. Meus exemplares são sempre super bem cuidados. rsrsrs
6. Até hoje gosto bastante de literatura para crianças e jovens e até compro livros desse tipo para mim. rsrsrs Adoro quando eles tem boas ilustrações. E os textos estão cada vez melhores. Quando estava fazendo monografia de graduação em Pedagogia escolhi justamente a área de literatura infantil como tema do meu trabalho de finalização de curso.
7. Gosto muito também de quadrinhos (alguns deles: turma da Mônica, Mafalda, Calvin e Haroldo) 

8. Gosto de emprestar e discutir os livros com amigos.
9. Compro livros pelo nome do autor.
10. Estou gostando muito de ler no e-reader kobo. É muito confortável a leitura e não ocupa espaço na sua casa/estante. O ruim é que não dá para emprestar e depois discutir com os amigos.


E aí me fale sobre a importância da leitura na sua vida e os seus hábitos referentes a ela.